Antes de partir

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012.

Em meus dias de tristeza febril
Venho a definhar por um novo horizonte
Junto à infelicidade desaguando-se em lágrimas
Sob meus olhos tristes, 
Ao recordar-me de minha vida errante
                                          No sombrio vento, beijando a verdade nua e crua

De meu leito,
Meu descanso eterno
Ouço o som berrante de cada trombeta
Que vêem ecoar sobre os vermes deste mundo infame,
 Que já farta de tudo me desentrego
 Apenas de memórias estou vivendo

Mas não chores por mim se ainda me amas
Como vermes que hão de beijar-me à fronte
Feito Judas, o traidor.

Do mas minha,
Vida dará lugar a outras
Apesar de ainda ser uma utopia
A cada dia que se passa eu morro um pouco mais


4 Comentários:

LEO disse...

Ola!
Passando para deixar um beijo molhado e umas lambidas...
bjssss
LEO
www.seximaginarium.blogspot.com

Anônimo disse...

Preciso falar com você.. me passa seu msn..

Litus disse...

Não te entregues ao tempo dos definhados.
Lembra-te que como uma mão precisa de outra, alguém em algum lugar, num preciso momento aguarda pela importância de ti!
E que por vezes a dor e o sofrimento são como elementos que temperam o aço.
Quando menos esperes, chega a razão da tua existência e a vitória da tua busca.
Se a vida fosse fácil, simples, incipiente, descomplicada perdia o sabor. Este ganha-se como a fruta que nasce verde e precisa de tempo, água, chuva, sol,... até ganhar a maturidade do doce suculento.
Não te resignes. Luta.
E se cansada, oferece a mão à ajuda.
E se a inveja te bater à porta e perguntar como estás, diz que vais óptima, não indo melhor para não criar inveja!
Isso, sorri! Bjs

Priscila Rodrigues disse...

Uau.. profundo. Gostei muito.

Oi, linda, td bem? Voltei mais uma vez, rs rs.

Tenha uma ótima semana.

Bjão.

Cursores ^^

GIRLSPT.COM - Cursores Animados
 
々 A Dangerous Mind 々 © Copyright 2010 | Template By Mundo Blogger |