terça-feira, 5 de julho de 2011.


Na vida, quando se ama, a morte não se faz tão dolorosa.

5 Comentários:

Conde Vlad disse...

Eu não amo a morte. Apenas compreendo o processo dela. Até porque eu tenho uma visão espiritual onde tenho por fé em que só morre o corpo físico.

Solteira é? Liberal? Hummm... Gostei...
Vamos trocar e-mail?
condevlad3@gmail.com

Beijos do Conde.

Alemão disse...

To pensando nessa frase, tentando refletir para entender. Acho que a aceitação da morte algo digno e supremo. Juro que nao sei como seria amar a morte, talvez seja preciso pensar nela com propriedade para dizer isso melhor. Mas o desconhecido ainda me assusta, assim como algumas coisas conhecidas tambem.

Gostei do que essa frase me fez pensar.


Ps: desconfio que não se empolgou muito com meu e-mail...

нєllєи Cαяoliиє disse...

Humm...
Eu não hei de amar a morte nunca,só entender que faz parte do processo e da passagem!
Beijos

kirah disse...

"Na vida, quando se ama a morte, não se faz dolorosa."

"Na vida, quando se ama, a morte não se faz dolorosa."

A diferença que faz uma vírgula, quão distintos ficam os sentidos, tendo em comum o fato de que me fez refletir...o que eu penso sobre, melhor guardar pra mim...

bjus da kirah^^

A.S. disse...

Para quê pensar na morte, quando temos uma vida para desvendar todos os sonhos, todos os desejos, todos os prazeres!


Beijos...
AL

Cursores ^^

GIRLSPT.COM - Cursores Animados
 
々 A Dangerous Mind 々 © Copyright 2010 | Template By Mundo Blogger |